Entre Dezembro e Janeiro

De dezembro a janeiro a vida escorre entre verdes e concretos, entre o cotidiano e a poesia. Mas o poeta é aquele que mora nas frestas e colhe com as mãos a dor e a festa.

“ O menino da platéia pergunta no final do espetáculo: Posso morar aqui? “

Gloria Kirinus, poeta em tempo integral, nos leva pelas mãos, pelos vãos do dia a dia, nos presenteia com  um olhar agudo sobre todas as coisas leves e pesadas, que o poema é amassado  com cada grão de cada hora, minuto, segundo, de dezembro a janeiro.

E também perguntamos: Gloria, podemos morar aqui?

Roseana Murray, Saquarema, outubro-quase-novembro-quase-dezembro de 2013

10171678_10204136082255151_7207908930785507183_n

Onde Comprar Ver mais Livros

O galo cantou por engano

A poesia envolve o inusitado do cotidiano. Um eclipse de sol abre cortinas para o jogo,para o humor e para o olhar que confunde até um galo que canta, cocoricando alto,outro bom-dia, no mesmo dia, digo, na mesma noite, nem sabemos mais o que era… Um conto poético e encantador, “declamadopela escritora peruana,naturalizada brasileira, Gloria Kirinus e “desenhado” pela ilustradora Cris Eich.

 

Capa Galo

Leia Resenha no site Dobras da Leitura

Onde Comprar Ver mais Livros

Formigarra, Cigamiga

Num criativo jogo de palavras, este texto poético reinterpreta a fábula da “formiga trabalhadeira” e da “cigarra festeira”. Leitores de qualquer idade apreciarão conhecer uma formiga que foi “invadida pelo canto da cigarra” e uma cigarra que “é também pipoqueira”. A qualidade do texto se revela também na riqueza das ilustrações, na ousadia e criatividade do projeto gráfico.

formigarra  cigamiga

Ouça a música tema do livro:

Crédito da música do Formigarra/ Cigamiga: Roslete Aviz de Souza

Onde Comprar Ver mais Livros

Um sol em meu nome

Com belíssimas ilustrações o livro conta a história do menino Carlos, refletindo em torno de seu próprio nome e de sua história. Afinal, o garoto sabia que seu nome era o mesmo do seu pai e que era também igual ao nome do avô. Carlinhos, Carlos ou Carlão… um nome para cada um em cada idade e em cada tempo ou lugar.

9788534939997

Onde Comprar Ver mais Livros

Camelo e o Camelô

A autora, valendo-se da tradição oriental de relatar histórias, transporta os leitores a uma divertida viagem pelo deserto.

O livro destaca a riqueza poética da oralidade popular e o conhecimento da mitologia do povo egípcio.

088196

Ver mais Livros

Carta para El Niño

Com este livro, a autora começa uma nova aventura pela Paulus, com a ajuda dos ventos, das ventanias e dos vendavais que o tal “El Niño” se encarrega de aprontar. Gloria Kirinus sempre aguardou mensagens do mar. Resolveu escrever para “El Niño”, para ver se ele respondia. E o tal “El Niño”, cheio de mistérios, no lugar de mensagens manda chuva, sol, ventos e nuvens novidadeiras.

9788534932998

Onde Comprar Ver mais Livros

O autor Lucas Buchile fala um pouco sobre “Carta para El Niño”, da escritora Gloria Kirinus, ilustrado por Andréia Resende (Editora Paulus). Vídeo da série Coletivo lê Coletivo, do Coletivo Era Uma VeZ.

 

 

Proler – Vitória da Conquista/BA

Sign In